4 de nov de 2014

AS PRINCIPAIS DOUTRINAS BÍBLICAS EXISTENTES
I - A definição do termo doutrina: A palavra doutrina vem do latim doctrina, que significa “ensino”. Pode ser qualquer tipo de ensino? Segundo o dicionário Aurélio, “doutrina é um conjunto de princípios que servem de base de um sistema religioso”. No Antigo Testamento, a palavra doutrina ocorre como tradução do hebraico Ieqah, que significa “o que é recebido” (Dt 32:2; Pv 4:2; Is 29:24). No Novo Testamento temos dois termos da língua grega representam a palavra doutrina. Um termo é Didaskalia e o outro é didachê. Ambos os termos refere-se ao ensino como instrução dada àqueles que recebiam de bom grado a mensagem do cristianismo (Mt 7:28; Mc 1:22; Lc 4:32; Jo 7:16-17). O sentido teológico é o mesmo da palavra usada pelos apóstolos em (Atos 2: 42- 46). Nas epístolas pastorais a doutrina aparece mais rígida na crença doutrinal da igreja. A doutrina é um ensino exclusivamente da Bíblia, ou das Escrituras Sagradas, como regra de fé em Deus e de prática de vida cristã e de ministério para a edificação Igreja de Deus. A doutrina é um ensinamento a respeito das coisas de Deus, e dos deveres do homem; (1 Tm 4:6; 1 Tm 4:16; 1 Tm 6:1; Tt 2:1; Tt 2:10). A doutrina é definida como, um conjunto de princípios e regras em que se fundamenta um sistema religioso, ou crença. A doutrina é o ensino sistemático das verdades bíblicas, cujo principal objetivo é levar o cristão a obter uma vida perfeita diante de Deus. A doutrina bíblica são os ensinamentos de Deus, portanto ela não muda, mas permanecem para sempre, ou seja, ela é imutável.
     O Principio fundamental da doutrina é destinado a manter a boa ordem em qualquer organização sobre autoridade. O significado de doutrina: Ensino, instrução, pode se definir como as verdades fundamentais da Bíblia posto de forma sistematicamente.

II - Os tipos de doutrinas existentes: Apresentamos os tipos de doutrinas existentes, pois alguns cristãos muitas vezes se confundem, entre doutrina Bíblica, costumes, e doutrinas dos homens, os cristãos deve saber fazer essa diferença. Pois há pelo menos quatros tipos de doutrinas. E isto é de grande importância saber os tipos de doutrinas que a Bíblia relata. A partir deste esclarecimento, estaremos aptos para discernir entre a verdadeira doutrina e a falsa doutrina.

Temos a seguir os quatros tipos de doutrinas:
1º- A doutrina de Deus (Pv 4:2; Mt 7:28; Lc 4:32; Jo 7:16; At 2:41-42; At 13:12; 1:42; Tt 2:1-10).
2º- A doutrinas dos homens (Mt 15:9, 16; 16:12; Mc 7:7; Cl 2:22).
3º- A doutrina de demônios (1 Co 12:13; 1 Tm 4:1).
4º- A doutrina dos hereges ou heresiologia (Ap 2:6,15).
   É preciso distinguir entre a doutrina verdadeira, e falsa doutrina. Caso contrário, os prejuízos podem ser fatais. Há demônios cuja atividade não é espalhar violência, ou outros males, mas ocupar-se com o ensino, falso, errôneo e enganoso. Se tivermos conhecimento Bíblico Teológico, podemos analisar facilmente. O conteúdo de uma religião, ou seita falsa, que se apresenta como cristã. Pois existem muitas doutrinas contrárias às Escrituras, e isso merece toda a nossa atenção. Pois devemos conhecer os meios adequados para a identificação de uma seita, ou um ensino falso.

III - A dificuldade de entender o que é doutrina e o que não é doutrina, isto é proveniente de duas coisas básica:
1ª- Falta de conhecimento bíblico e teológico. Pois existem muitos líderes que confundem doutrina bíblica pratica; com tradições e usos e costumes humanos. Os erros de muitos líderes são por que não conseguem se aprofundar no estudo, para buscar conhecimento, e compreensão das doutrinas Bíblicas. Porque estudam sem organização, sem método, sem ordem, sem sequencia, sem propósito, sem interesse, sem atenção. Essa exortação Bíblica de (2 Tm 2:15), é direcionado exclusivamente para os Obreiros. Veja o que diz a palavra. Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
2ª- Falta de maturidade cristã: A maioria dos cristãos tem uma vivencia espiritual superficial. Maturidade e conhecimento nos preservam dos erros doutrinários:
a) - Preservar dos falsos profetas, (Mt 24: 24; Mt 7:15).
b) - Preservar das heresias e apostasias, (II Ts 2:3; I Tm 4: 1-2).
c) - Preservar de corromper nosso entendimento, (II Ts 2:2).
3ª- Também a maturidade e conhecimento nós proporcionam:
a) - A nossa salvação em Cristo, (I Tm 4: 16).
b)- A nossa santificação, (Jo 17:14-17).
c) - Tornar-nos sábios, (II Tm 3:15).
d) - Tornar-nos obedientes, (Rm 6:17).

IV – O conhecimento doutrinário nos da segurança espiritual: O conhecimento doutrinário é um baluarte contra os erros (Mt 22: 23-30; Jo 5: 39; Gl 1:6-9; II Tm 4:2-4). A palavra “doutrina” significa: “Ensino” ou “instrução” pode se definir como as verdades fundamentais da Bíblia, colocada de forma sistematicamente. A doutrina é um conjunto de princípios básicos e regras em que se fundamenta um sistema. O principio fundamental da doutrina é manter a boa ordem, em qualquer organização. Em (João 7.16-18); v 16 Jesus respondeu e disse-lhes: A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou; v 17 Se alguém quiser fazer a vontade dele, (de Deus) pela mesma doutrina, conhecerá se ela é de Deus ou se eu falo de mim mesmo; v 18 Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória, mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse é verdadeiro, e não há nele injustiça.
V- O Conhecimento doutrinário é essencial para produzir estruturas espirituais.Veja o que diz o texto de (Mt 7:24 -27). Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras e as não cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.

VI – A doutrina verdadeira é a ortodoxa:
1º- A doutrina ortodoxa. Ortodoxa deriva do vocábulo ortodoxo, palavra grega que significa “opinião correta” ou “doutrina correta”, é a doutrina conservadora. É a qualidade de uma declaração doutrinária que se acha de acordo com a Palavra de Deus e com o cânon e concílios estabelecidos pela igreja apostólica. A ortodoxia no nosso contexto diz respeito aos cristãos conservadores. Fugir da ortodoxia pode significar aberração doutrinária ou até mesmo heresias. O ensino das Escrituras deve ser antes de tudo, ortodoxo. Todo ensino bíblico doutrinário deve ser estritamente de acordo com a mensagem divina revelada na Palavra. A ortodoxia cristã tem nas Escrituras a única fonte do verdadeiro conhecimento de Deus, e de suas doutrinas, e da salvação em Cristo Jesus. Tendo a Bíblia como a sua única regra de fé e prática. Acha-se comprometido com a evangelização do mundo, conformando as reivindicações da Grande Comissão de Jesus.
2º- A finalidade do ensino ortodoxo é manter a pureza do evangelho: A doutrina Bíblica é de especial importância, para a proclamação do Evangelho da salvação. Que deve ser ensinado de maneira certa, como se recebe a salvação (Gl 1:6-9). O nosso futuro eterno depende da pregação ortodoxa do evangelho. A Igreja inteira deve ter o cuidado de proclamar fielmente o verdadeiro Evangelho, e todos os cristãos devem saber a verdade do evangelho e interessar-se pelo assunto do Evangelho.

LISTA DAS PRINCIPAIS DOUTRINAS BÍBLICAS
I - Apresentamos a seguir uma lista das principais doutrinas: Sem qualquer desdobramento nem referencias bíblicas. Apresentamos uma lista apenas para identificação das doutrinas, uma vez que muitos cristãos, inclusive obreiros, confundem doutrina Bíblica com práticas, e usos e costumes. A doutrina bíblica é um ensino normativo terminante e final derivado das Sagradas Escrituras, como regra de fé em Deus e prática de nossa vida cristã, para a igreja de Deus. Como já falamos muitos cristãos não conseguem se aprofundar no estudo da compreensão das doutrinas bíblica, porque estudam sem organização, sem método, sem ordem, sem seqüência, sem propósito e sem maior interesse. 
   Por esta razão apresentamos novamente a exortação Bíblica de (2 Tm 2:15), aos Obreiros que diz: Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade". 
    Quando vamos realizar um batismo nas águas sempre perguntamos para os candidatos, os novos cristãos que vão se batizar. A pergunta é esta. Você conhece as Doutrinas de sua Igreja? Eles deve responder que sim. Mas na verdade a maioria deles não conhece as doutrinas, como também até mesmos os que discípula  também não conhece, assim sendo apresentamos uma lista das principais doutrinas.

II – A lista das principais doutrinas Bíblicas existentes para a fé cristã:
01º- A Doutrina do Pecado;
02º- A Doutrina da Salvação Soteriologia;
03º- A Doutrina da Conversão;
04º- A Doutrina da Graça de Deus;
05º- A Doutrina da Regeneração pelo Espírito Santo;
06º- A Doutrina da Expiação Pelo Sangue;
07º- A Doutrina da Propiciação Pelo Sangue;
08º- A Doutrina da Justificação Pela Fé;
09º- A Doutrina do Arrependimento e Confissão de Pecado;
10º- A Doutrina da Santificação;
11º- A Doutrina da Contribuição Financeira, etc.
12º- A Doutrina do Batismo em Águas;
13º- A Doutrina da Ceia do Senhor;
14º- A Doutrina da Cura Divina, unção dos Enfermos;
15º- A Doutrina da Evangelização e Missões;
16º- A Doutrina da Eleição dos Salvos;
17º- A Doutrina da Fé Cristã;
18º- A Doutrina do Perdão;
19º- A Doutrina do Batismo Com o Espírito Santo;
20º- A Doutrina dos Dons do Espírito Santo;
21º- A Doutrina do Fruto do Espírito Santo;
22º- A Doutrina da Trindade, ou do Deus Triúno;
23º- A Doutrina das Sagradas Escrituras;
24º- A Doutrina da Escatologia, ou Doutrinas das últimas Coisas;
25º- A Doutrina da Dispensação e as Alianças Bíblicas;
26º- A Doutrinas Sobre os hereges, heresiologia, ou Apologética Cristã;
27º- A Doutrina do Homem (ou acerca do homem);
28º- A Doutrina dos Anjos Bons e Maus e os Demônios;
29º- A Doutrina de Deus e sua existência;
30º- A Doutrina de Cristo, Encarnação e Deidade de Cristo;
31º- A Doutrina do Espírito Santo.
32º- Doutrina da Criação de Todas as Coisas.
33º- A Doutrina dos Tipos Bíblicos (Tipologia Bíblica);
34º- A Doutrina do Futuro de Israel e dos Gentios como povos naturais;
35º- A Doutrina da Morte e do Estado Intermediário dos Mortos;
36º- A Doutrina da Ressurreição dos Justos e dos Injustos;
37º- A Doutrina dos Juízos (ou Julgamentos Finais);
38º- A Doutrina da Grande Tribulação Sobre Israel e os Gentios;
39º- A Doutrina Concernente ao Anticristo e a besta;
41º- A Doutrina da Segunda Vinda de Cristo;
42º- A Doutrina do Milênio de Cristo Sobre a Terra;
43º- A Doutrina do céu Para os Salvos, e do Inferno Para os Perdidos;
44º- A Doutrina do Perfeito Estado Eterno;
45º- A Doutrina das Duas Naturezas do Crente;
46º- A Doutrina do Ministério Evangélico;
47º- A Doutrina da igreja, a Eclesiologia.


III - Estas são as principais disciplinas para a igreja, em vários aspectos para a vida dos cristãos Servem para a edificação da vida diária dos Salvos, como a oração o jejum, o louvor, a adoração, e a ética cristã básica, são muito importante para a vida cristã, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário